O significado da guerra

Israel iniciou seus ataques mais recentes à Faixa de Gaza em 27 de dezembro de 2008. Em um espaço de duas semanas, os acontecimentos se sucederam rapidamente. No entanto, o saldo extremamente desequilibrado de vítimas fatais – 760 palestinos e 11 israelenses – tem levado até os Estados Unidos a moderarem o discurso e defenderem o acordo de cessar-fogo proposto pelo Egito.

Ler tudo na página do Labmundo.

Tags: , , , ,

4 Respostas to “O significado da guerra”

  1. seragon Says:

    Amigos vamos lembrar dos mais de 400 mil cristãos sudaneses mortos por milicias mussulmanas no Sudão!!

    VAMOS LEMBRAR DELES

  2. Dimitri Says:

    Quem me conhece, sabe que falo a todos do ABSURDO que está acontecendo em Darfur e ninguém faz PORRA NENHUMA. Agora, o que está acontecendo em Gaza é um MASSACRE, e a questão não é se são muçulmanos, cristãos, ou o que quer que seja, são PESSOAS HUMANAS, GENTE, que quer viver e ser feliz como eu e você e que têm o direito de procurar a felicidade e a vida da melhor forma possível. O que Israel está fazendo em Gaza é IMORAL, é simplesmente O HORROR, O HORROR … defendo o Estado judaico e povo judeu, mas eu não posso compactuar com o que está acontecendo em Gaza. Mal é mal, e viva a PAZ! Deixo aqui a minha INDIGNAÇÃO! Nesta guerra, estou do lado da PAZ e do POVO DE GAZA que está sendo ASSASSINADO sob o olhar IMPOTENTE da Comunidade Internacional.

  3. Renata Ramos Says:

    Olá

    Eu continuo falando a mesma coisa não interessa quem tem razão,quem não tem,quem está certo ou errado,nenhum tipo de guerra vale a pena,essa menos ainda,pois o fundo dela é e sempre vai ser religioso,por religião as pessoas morrem em vão,acabam a a vida de crianças inocentes,que mesmo pequenas e inocentes viram como o homem pode ser tão destrutivo,mesquinho,hipocrita…

    Te convido a conhecer meu blog tb,espero sua visita.

    Abraços.

  4. Dimitri Says:

    Oi Renata, eu acho que a guerra, sem dúvida, é a pior solução, mas não acho que é verdade que “nenhuma guerra vale a pena”. Não é verdade! Quando o Reino Unido declarou guerra à Alemanha, valeu a pena, sim, e como! Nos livrou da loucura de Hitler! Digo isso porque a gente precisa ter cautela em certas afirmações! Mas esta guerra de Israel contra o Hamas (assim como a guerra dos EUA no Iraque) é estúpida, “estúpida e inválida”, como canta Vinícius na “Rosa de Hirsohima”. Outra coisa equivocada é que o fundo dessa guerra é político, não religioso. Israel é um estado laico, não é uma guerra de muçulmanos contra judeus, é uma disputa por território que não foi resolvida pela Comunidade Internacional por pura falta de vontade política. Israel, por exemplo, é o maior comprador de armas dos EUA, a Rússia e a China vendem armas ao Hamas e ao Hizbollah, a Europa tem um problema seríssimo com o envelhecimento da população, o aumento dos imigrantes, a xenofobia, a não-integração, o aumento da desigualdade social, hoje é um barril de pólvora, e eles não querem botar mais lenha na fogueira … então ninguém, na prática, se interessa em resolver, e a ONU, mais uma vez, mostra a sua total impotência diante dos Estados e dos novos atores, como as células e grupos terroristas. Outra coisa que eu não concordo é a ideia da associação “religião e guerra”, as guerras são políticas, e as maiores guerras e matanças como jamais foram vistas foram perpetradas por países laicos ou declaradamente ateus. A maioria das pessoas religiosas, de diversas religiões, católicas, protestantes, espíritas, budistas, judias, muçulmanas, traz paz ao mundo, não guerra. Na guerra, as religiões são muito mais instrumentalizadas do que qualquer outra coisa. Quem faz guerra é o poder. E qual é o anti-poder, senão o amor? E dele, todas as religiões falam: de amor e de paz, de vida!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: