Fim diplomático da crise diplomática

A Cúpula do Grupo do Rio presenciou hoje um debate belíssimo entre os chefes de Estado Álvaro Uribe (Colômbia), Hugo Chávez (Venezuela) e Rafael Correa (Equador). Depois de grave crise, o debate foi polarizado por Uribe e Correa acerca das visôes políticas divergentes e antagônicas sobre o conceito de resistência popular. Uribe afirmou que os membros das FARC-EP não são insurgentes contra uma ditadura, mas sanguinários contra uma democracia. Ao que Correa levantou as mãos e disse: “estas mãos não estão manchadas de sangue”. É muito raro ver e ouvir presidentes frente a frente expondo suas divergências à comunidade internacional.
.
602731us_uribe_correa_209_279.jpg
Correa e Uribe na Cúpula do Grupo do Rio
.
É saudável resolver assim um litígio. Uribe formalizou o pedido de desculpas, ao que Chávez respondeu cantando uma música latina – e não foi o tango argentino. Ao fim, os chefes de Estado apertaram as mãos. Cada qual retorna para casa com suas soberanias afirmadas e suas convicções e discordâncias intactas.

Tags: , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: